Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL CORPORALIZA À EDUCAÇÃO ECOPOIÉTICA: BUSCANDO O SENTIMENTO DE AMOR À NATUREZA
Karla Nascimento Chagas, Karolinne Stefanny De Souza

Última alteração: 2012-10-19

Resumo


Este estudo tem como finalidade fundamentar o diálogo da Educação Ambiental Corporalizada, na perspectiva de sensibilizar o ser humano contribuindo para o despertar do sentimento de amor à natureza. No desenvolvimento deste trabalho nos apoiamos no universo da corporeidade e da autopoiese trilhando por caminhos complexos e fascinantes, observando os detalhes, experienciando momentos singulares, sentindo o sentimento do fluir da vida no nosso próprio ser, percebendo a manifestação corpórea da energia vital e principalmente evoluindo no processo humanescente. Nossa abordagem metodológica foi a ecofenomenologia, que proporcionou uma experiência intrínseca da pesquisadora com sua própria natureza. Com base nos estudos da Teoria de desenvolvimento de Maslow (1970), apresentamos cinco propriedades amorosas da Educação Ecopoiética que fundamentam nossas Ecovivências: Eco-funcionalidade; Eco-sustentabilidade, Eco-implicabilidade; Eco-valia e Eco-transcendência. Percebemos que novos valores poderiam ser agregados ao nosso modo de vida se corporalizarmos o amor à natureza, passando a contemplar a nossa própria vida com o coração.


Texto completo: PDF