Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Memória Química: uma abordagem lúdica para auxiliar no ensino de Reações Químicas
Francisca Belkise De Feitas Moreira, Igor Rannes da Costa Sousa, Karla Andromeda Nobre de Oliveira, Maria Alcilene Gomes de Menezes, Edson Fernandes Moreira, Paulo Roberto Nunes Fernandes

Última alteração: 2012-08-28

Resumo


Os jogos educativos visam estimular o raciocínio lógico, proporcionando uma forma dinâmica de aprendizado e construção de conhecimentos. Estes podem atuar como um recurso de ensino auxiliando o professor na complementação das aulas, proporcionando estímulo e interesse aos alunos. Reconhecendo a relevância deste recurso tão importante, este trabalho propõe o desenvolvimento de um jogo intitulado “Memória Química”, para auxiliar no ensino das Reações Químicas. Os materiais utilizados na construção das peças do jogo foram: folha A4 peso 60, fita transparente para fixar as cartelas em sua respectiva base, tesoura, computador e impressora. Antes da aplicação do jogo foi ministrada uma aula teórica sobre o assunto em questão e logo após foi realizado um teste para avaliar o nível da aprendizagem. Em seguida, o jogo foi aplicado com 28 alunos da 1ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Antonio Dantas do município de Apodi. A dinâmica ocorreu como num jogo da memória tradicional, porém numas peças continham as reações e em outras os nomes.  Os resultados obtidos após o jogo foram satisfatórios. O percentual de notas abaixo e acima de 6,0 foram respectivamente 29% e 71%, tendo uma melhora de 16% com relação ao teste antes do jogo.  O jogo Memória Química mostrou ser um recurso lúdico válido, tornando o ensino de Química no ensino médio mais contextualizado, interessante, atrativo e divertido.

Texto completo: PDF