Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Utilização de Fungos na Degradação de Compostos Fenólicos de Derivados de Petróleo
Thariny Farias Borges de Assis, Igor Ramon Nascimento da Costa, Libertalamar Bilhalva Saraiva, Sônia Maria de Melo Lima, Renato Costa Mena Barreto, Elton Alves de Souza Filho

Última alteração: 2012-10-19

Resumo


Resumo: As atividades em postos de abastecimento de combustível além dos e efluentes gerados em lavagens de automóveis e outras limpezas podem constituir fontes de materiais tóxicos como o benzeno e seus derivados. Os compostos fenólicos são acumulados nos corpos de água receptores e causam aumento da demanda de oxigênio. Os fungos representam uma alternativa no tratamento de efluentes que possuem compostos aromáticos  recalcitrantes, como fenol e derivados. O presente  trabalho propôs estudar a degradação de compostos fenólicos em efluente de postos de gasolina pela ação dos fungos Aspergillus sp. e Trichoderma sp. em um reator em batelada. O reator foi operado por 60 dias, com tempo de retenção de quatro dias,  atingindo em sessenta dias 43% de eficiência de remoção em DQO. Os resultados obtidos, mesmos ainda incipientes em função do tempo de operação do reator, mostram o potencial dos microrganismos na degradação de efluente de posto de combustível. E a adaptabilidade ao meio, que foi observada pelo grande crescimento dos microrganismos.

Texto completo: PDF