Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA DA MAMONA IRRIGADA COM EFLUENTES DOMÉSTICOS TRATADOS NO SERTÃO CENTRAL CEARENSE
Jorge Oliveira Alisson, Reinaldo Fontes Cavalcante

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


Devido à crescente demanda por água para irrigação e consumo, o ser humano tem procurado estudar o reuso de efluentes domésticos tratados na agricultura, objetivando manter o equilíbrio e buscando sempre o desenvolvimento sustentável dos recursos naturais. O cultivo da mamona (Ricinus communis L), irrigada com efluente doméstico tratado, tem se mostrado como uma ótima fonte para obtenção de energia e renda, tanto para a indústria quanto para a agricultura. Esse experimento teve com objetivo analisar em termos qualitativos e quantitativos os aspectos da produtividade da mamona irrigada com efluente doméstico tratado. Utilizou-se um sistema de irrigação localizada, testando em quatro repetições, nomeadas pelo tipo de irrigação e adubação; T1: irrigação com água residuária mais adubo orgânico; T2: irrigação somente com água residuária; T3: irrigação com água de abastecimento mais adubo; T4: irrigação somente com água de abastecimento. Por meio de comparações, constatou-se que os tratamentos irrigados com água de abastecimento, obtiveram os melhores resultados em todos os métodos e variáveis analisadas. Porém a maior produtividade foi constatada no tratamento irrigado com água de abastecimento mais adubo (T3), com 331,000 Kg ha-¹.

Texto completo: PDF