Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Uso de sistema de wetland construído na redução de íons dissolvidos da manipueira biodigerida
Pedro Tiago Freire Alencar, Vicente Rodolfo Santos Cezar, Lydayanne Lilas de Melo Nobre, Tiago Batista Cerqueira

Última alteração: 2012-09-10

Resumo


O resíduo líquido oriundo do processamento industrial da mandioca, a manipueira, tem um grande potencial degradativo, o qual não têm tido um destino adequado pelas farinheiras do estado de Alagoas. Visto esse problema, vários estudos com uso do biodigestor anaeróbio foram feitos com finalidade de tratar a manipueira, porém para controlar a acidez no processo, é usado hidróxido de sódio e este faz com que o efluente biodigerido apresente uma alta salinidade. Com o sistema de wetland utilizado o Capim Brachiaria arrecta verificou a redução da salinidade e condutividade em mais de 40%. O wetland construído apresentava 4 compartimentos interligados, o qual determinava o primeiro 1,5 dias o tempo de retenção hidráulica, o segundo 3, o terceiro 4,5 e o último 6. Fazendo uso do sistema de wetland de fluxo sub-superficial, e utilizando o capim B. arrecta o estudo mostrou reduções da salinidade e condutividade elétrica na ordem de 55,55% e 43% respectivamente.


Texto completo: PDF