Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO E DA COMERCIALIZAÇÃO DE MAMÃO (Carica papaya L.) NO ESTADO DOTOCANTINS
Wanderson de Sousa Lima, Franciso Filho da Silva, Elberte Ferreira Guida dos Santos, Tarcisio da Silva Vieira

Última alteração: 2012-08-30

Resumo


Resumo: O mamoeiro (Carica papaya L.), originário da América tropical, encontrou no Brasil condições edafo-climáticas apropriadas à sua exploração econômica. Apesar de o Brasil se destacar como o segundo maior produtor mundial de mamão, a cultura do mamoeiro sustenta-se em uma estreita base genética, resultando em poucas cultivares comercial para o plantio, que atendam tanto as exigências do mercado nacional quanto internacional. Aliado a isto, o elevado preço das sementes híbridas dos mamoeiros do grupo ‘Formosa’ tem levado muitos fruticultores a utilizar plantios sucessivos com as gerações F2, F3 e F4 do híbrido ‘Tainung 01’, acarretando inúmeros problemas, sobretudo, com a perda de vigor e segregação para o formato do fruto. Este trabalho objetivou relaizar um diagnóstico da produção e da comercialização de mamão no Estado do Tocantins visando subsidiar dentre outras ações, aquelas voltadas para os procedimentos de melhoramento genético, propiciando novas oportunidades de negócios para os produtores e comerciantes de mamão, e ainda a diversificação da produção agrícola do Estado do Tocantins. Com base nos dados obtidos, verificou-se que, embora o mamoeiro esteja sendo cultivado há bastante tempo no Estado do Tocantins, os produtores ainda não conhecem as tecnologias de produção, dificultando o aumento da produtividade. Embora 75%  dos produtores utilizem irrigação, a produtividade é baixa, devido a diversos fatores, tais como: escolha do sistema de irrigação, preparo do solo, produção de mudas, correção do pH do solo e adubação praticados de forma inadequada, por falta de conhecimento acerca dessas variáveis. Conclui-se que este trabalho poderá contribuir para com o agronegócio do mamoeiro no Estado do Tocantins estimulando a criação de empresas interessadas neste setor da fruticultura, seja para produção e comercialização de frutos ou seja para exploração do mercado de sementes, gerando emprego e renda no campo e na cidade.


Texto completo: PDF