Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Avaliação de um corpo hídrico, receptor de chorume, como fonte de doenças de veiculação hídrica através da identificação de enterobactérias.
Jessica Maria Pacheco, Peterson Andrews Costa, Wesley Elderson Diógenes, Sâmara Kersia Sales, Claudio Ricardo Lima, Carlos Henrique Pacheco

Última alteração: 2012-08-31

Resumo


Resumo: Os recursos hídricos são essenciais para a sobrevivência e desenvolvimento dos seres vivos, porém a utilização da água nas diversas atividades humanas tem consequências muito variadas sobre o corpo d'água, ocasionando elevada contaminação dos corpos hídricos. Esse fato diminui o número de ecossistemas em condições de abastecer de forma segura a população, principalmente nas áreas urbanas. Entre os principais riscos á saúde pública encontram-se as doenças de veiculação hídrica, com destaque para aquelas ocasionadas por membros da família Enterobacteriaceae. Este trabalho teve por objetivo isolar e identificar, a nível de gênero, as enterobactérias presentes no trecho do Rio Cócó próximo ao antigo Lixão do Jangurussu, na cidade de Fortaleza/Ce. Foram isoladas 60 cepas. Do total de isolados, foram identificados os seguintes gêneros e espécies: Escherichia coli, Citrobacter ssp.,  Klebisiella ssp., Yersinia ssp., Enterobacter ssp., Serratia ssp., Shigella ssp.. Observou-se maior ocorrência da espécie Shigella ssp., que apesar de apresentar um espectro patogênico menor que o da Escherichia coli , principal indicador de contaminação fecal, pode causar  a shigelose , uma das mais contagiosas diarreias bacterianas.Sendo assim, faz-se necessária a realização de campanhas de educação ambiental junto aos moradores residentes nas imediações do Rio Cócó e ações de saneamento no entorno desse corpo hídrico.


Texto completo: PDF