Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
A influência da ativação ácida nas propriedades físico-químicas de argilas esmectitas maranhenses
Mônica Beatriz Portela Ferreira, Gilvan Pereira de Figueredo

Última alteração: 2012-09-22

Resumo


Pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão e da Universidade Federal do Maranhão descobriram em terras maranhenses grandes reservas de argilas esmectitas. Essas argilas são constituídas por um grupo de argilominerais com propriedades e aplicações especiais em fertilizantes, catalisadores, areias de fundição, tijolos refratários, adsorventes, agentes descorantes e clarificantes de óleos e gorduras, tintas, agentes de filtração, cargas para polímeros e elastômeros, papel, etc. Isso ocorre devido à variedade de argilominerais existentes e também às interessantes propriedades que esses materiais apresentam, como: inchamento, adsorção, plasticidade, etc. Os resultados divulgados pelos referidos pesquisadores são bastante animadores e revelaram, com detalhes, que as esmectitas maranhenses possuem grande potencial para aplicações em processos de adsorção e catálise. No entanto, essas aplicações só são melhoradas após a modificação superficial das argilas que lhe deram origem. Nesse sentido, o presente projeto de pesquisa objetiva estudar a influência da ativação ácida sobre as características físico-químicas, especialmente as propriedades texturais e estruturais e a acidez superficial de argilas esmectitas naturais do Estado do Maranhão. O principal objetivo é avaliar se a ativação ácida aumentará o potencial desses materiais como adsorventes e/ou catalisadores. Para tanto, duas amostra de argilas esmectitas, uma do município de Montes Altos e outra do município de Presidente Dutra serão tratadas com ácido clorídrico sob condições operacionais controladas. As argilas ativadas serão caracterizadas por difração de raios X, fluorescência de raios X, análises térmicas, adsorção-dessorção de nitrogênio e de n-butilamina. O principal resultado esperado é a obtenção de sólidos com melhores propriedades físico-químicas e, consequentemente, agregação de valor às argilas esmectitas das reservas maranhenses.

Texto completo: PDF