Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
ESTUDO DA BIODEGRADABILIDADE E DO POTENCIAL DE GERAÇÃO DE BIOGÁS ATRAVÉS DE MONITORAMENTO DE REATORES COM RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS
Priscila Cintia Macêdo Silva, Laís Lopes Jesus, Alessandra Lee Barbosa, Sávio Henrique Barros Holanda, Leandro Cesar Santos Silva

Última alteração: 2012-09-12

Resumo


A problemática que envolve a disposição de resíduos sólidos urbanos (RSU) é um tema bastante abordado atualmente por vários pesquisadores, principalmente no que se refere aos impactos ambientais ocasionados pela geração dos efluentes líquidos e gasosos gerados ao longo da biodegradação dos RSU. Nesta temática, foram construídos reatores de bancada preenchidos com amostras de RSU recém-chegados ao local de disposição final de RSU da Cidade do Recife objetivando analisar a biodegradação, geração de biogás e o efeito da co-disposição com lodo anaeróbio. O monitoramento destes reatores vem sendo realizado através de medições de pressão interna, pressão atmosférica, temperatura interna, coleta e caracterização de biogás e lixiviado. Dos resultados obtidos pode-se observar um maior volume de biogás e de metano nos reatores inoculados, indicando um possível processo mais acelerado de degradação. Assim, a inoculação de micro-organismos anaeróbios pode ser uma alternativa para estimular e acelerar a biodegradação de resíduos e assim aumentar o potencial de geração de biogás, podendo viabilizar o aproveitamento energético de alguns aterros de pequeno porte, aumento de vida útil do aterro e estabilização dos resíduos.

Texto completo: PDF