Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DOS TIJOLOS ECOLÓGICOS FOMULADOS COM RESÍDUOS CERÂMICOS
Fernanda Kelly Guedes de Souza, Kellyane dos Santos, Sheyla Karoline Justino Marques

Última alteração: 2012-08-25

Resumo


O presente trabalho consiste no estudo das características e propriedades tecnológicas de tijolos solo-cimento formulados a partir de misturas binárias e ternárias de cimento Portland, areia, água, com e sem adição de resíduo de construção e demolição (RCD), com o objetivo de melhorar seu desempenho e diminuir seu custo utilizando o resíduo e aumentando sua vida útil. Os tijolos de solo-cimento constituem uma das alternativas para a construção em alvenaria. Esses elementos, após pequeno período de cura, garantem resistência à compressão simples similar à dos tijolos maciços e blocos cerâmicos, sendo a resistência tanto mais elevada quanto maior for à quantidade de cimento empregada. O solo cimento é o material resultante da mistura homogênea, compactada e curada de solo, cimento e água em proporções adequadas. O produto resultante deste processo é um material com boa resistência à compressão, bom índice de impermeabilidade, baixo índice de retração volumétrica e boa durabilidade. O solo é o componente mais utilizado para a obtenção do solo-cimento. Para a determinação da mistura ótima, estudou-se a inclusão de teores de resíduos diferenciados (10%; 15%; 20%; e 25%), na produção dos tijolos foram realizados ensaios com, 07 e 14 dias (período de cura), onde foram confeccionados 18 corpos-de-prova para cada formulação. A avaliação dos tijolos confeccionados foi feita a partir de ensaios de compressão simples, perda de massa por imersão, durabilidade e absorção de água.


Texto completo: PDF