Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Lúpus Eritematoso Sistêmico: Revisão Literária
Samara Mota Lima

Última alteração: 2012-08-09

Resumo


O lúpus é uma doença sistêmica, de natureza auto-imune, caracterizada pela presença de diversos auto-anticorpos e considerada o protótipo das doenças por imune-complexos. Caracteriza-se por promover quadros inflamatórios em todos os órgãos, o que determina uma apresentação clínica polimórfica, que nas suas fases iniciais pode dificultar o diagnóstico preciso.  O conhecimento das principais características clínicas da doença é muito importante, pois auxilia sobremaneira o diagnóstico, uma vez que a primeira sintomatologia pode ocorrer num único órgão ou sistema, retardando a sua suspeita. As suas manifestações clínicas podem aparecer isoladamente, de forma consecutiva ou aditiva, principalmente nos primeiros cinco anos da doença, que é o período no qual ela habitualmente mostra os locais preferenciais de comprometimento sendo uma doença predominante do sexo feminino. Por meios de associações clínicas e laboratoriais e possível obter-se informações precisas  como exemplo o fato de ser uma doença que se desenvolve no período da fase reprodutora e depois da menopausa, com dores nas articulações sensação de está doente perda de peso são alguns dos sintomas do desenvolvimento da doença no organismo, neste trabalho foi realizado um levantamento bibliográfico nas principais bases de dados: Scielo, Google acadêmico ,livros e revistas. Devido a dificuldade de compreender o processo fisiopatológico concernente a doença dificulta o diagnóstico e o seu tratamento específico, é de extrema importância um diagnóstico rápido para a minimização de complicações da doença que pode diminuir a qualidade de vida dos seus portadores. 


Texto completo: PDF