Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Isolamento e avaliação qualitativa de bactérias endofíticas e epfíticas quanto à habilidade de utilizar ácido tânico
Miquéas Jamesse Gouveia, Rafael Silva de Araújo, Marcelo Rodrigues Figueira de Mello, Amanda Reges de Sena

Última alteração: 2012-08-16

Resumo


Tanases são enzimas largamente distribuídas na natureza e hidrolisam as ligações éster e depsídica do ácido tânico, um tanino hidrolisável, em ácido gálico e glicose. Elas são extensamente utilizadas nas indústrias de alimentos e bebidas, farmacêutica e química, sendo o ácido gálico o principal produto obtido através da reação. A mais importante fonte de obtenção da tanase é utilização de micro-organismos, pois podem produzir enzimas de maneira contínua e em altas quantidades, O objetivo do presente trabalho foi avaliar qualitativamente, em meio sólido, a produção de tanase por bactérias endofiticas e epifíticas isoladas da azeitona-do-nordeste (Syzygium cumini Lam). Os micro-organismos foram isolados em dois meios: TSA. A caracterização foi realizada em meio Ágar nutriente suplementado com 0,3% de ácido tânico. Neste trabalho foram isoladas 9 bactérias: 5 endofíticas e 4 epifíticas. Das 9 bactérias testadas, 3 apresentaram atividade tanásica e podem ser potenciais produtoras de enzimas que passarão por futura otimização no processo de produção.

Texto completo: PDF