Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA FERTILIDADE DO SOLO EM ÁREAS CULTIVADAS COM GOIABA NA REGIÃO SEMIÁRIDA
José Wellington Canuto Lima, José Ribeiro de Araújo Neto, Fábio Ferreira da Silva, Marcos Antonio Vieira Batista, Fernando Bezerra Lopes

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo avaliar a fertilidade do solo em três áreas pertencentes ao Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Ceará, Campus Iguatu, sendo duas cultivadas com goiabeiras e uma preservada com vegetação nativa. Cada área possui um hectare. Para o estudo foram coletadas vinte e quatro amostras em blocos com duas profundidades 0 a 30 e 30 a 60 cm. As variáveis analisadas foram: Potencial de Hidrogênio (pH), Cálcio (Ca2+), Magnésio (Mg2+), Potássio (K+), Sódio (Na+), Fósforo (P), Acidez Potencial (H + Al), Soma das Bases (SB), Capacidade de Troca de Cátion (CTC), e Porcentagem de Sódio Trocável (PST). Os resultados das análises foram tratados estatisticamente pela análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Observou-se que as áreas cultivadas apresentaram valores médios com poucas variações, no entanto a área nativa apresentou grande variação com as mesmas. A irrigação e adubação alterou os atributos de fertilidade dos solos das áreas cultivadas em relação a mata nativa.

Texto completo: PDF