Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DOS CENTROS DE CONVIVÊNCIA DE IDOSOS NA MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA
Moniele Tavares Ferreira da Silva, Reian Tiago Fernandes dos Santos

Última alteração: 2012-08-15

Resumo


O crescimento da população idosa é um fenômeno mundial e, no Brasil, as modificações ocorrem deforma radical e bastante acelerada. As projeções mais conservadoras indicam que, em 2020, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos, com um contingente superior a 30 milhões de pessoas. Este trabalho tem como objetivo analisar a melhora da qualidade de vida dos idosos que frequentam os CCIs no município de Caxias, assim como avaliar os efeitos na saúde dos idosos que participam das atividades. Esta pesquisa é do tipo qualitativa, é classificada como pesquisa descritiva, que visa descrever as características de determinada população ou fenômeno ou o estabelecimento de relações entre variáveis. Envolve o uso de técnicas padronizadas de coleta de dados: questionário e observação sistemática. Quanto aos procedimentos técnicos é classificada como pesquisa de levantamento no qual envolve a interrogação direta das pessoas cujo comportamento se deseja conhecer.  O método utilizado é do tipo exploratório descritivo. A coleta de dados será realizada baseada na documentação direta, por meio de entrevistas e questionários. Dentre os seis centros iniciou-se pelo bairro Pirajá. Dos cinco idosos entrevistados as respostas foram praticamente as mesmas: “ Houve uma melhora significativa na nossa qualidade de vida”. Segundo eles há muitos benefícios tanto na saúde quanto nos aspectos pessoais. Além disso, afirmaram ainda que por meio das atividades desenvolvidas eles conseguem ocupar a mente e aprender algo diferente ou até mesmo aperfeiçoar técnicas já aprendidas. Constatou-se que houve uma melhora significativa na qualidade de vida destes anciãos e que as atividades educativas fornecem um amplo aprendizado a cada membro. Além disso, percebeu-se também que houve um impacto relevante na saúde dos mesmos, pois as atividades físicas desenvolvidas estimulam os músculos e melhoram o condicionamento físico.


Texto completo: PDF