Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
As metodologias de ensino de Geografia na Escola Estadual Antônio Pinto de Medeiros, Natal/RN: a percepção dos estudantes
Mora Gabriela Torres dos Santos Inácio, Guilherme Cesar de Oliveira Silva, Luzia Maria de Siqueira Lehum, Evenny Joseppy Bezerra de Oliveira, Maria Cristina Cavalcante Araújo, Levi Rodrigues de Miranda

Última alteração: 2012-09-12

Resumo


Há algum tempo se discute a necessidade de renovação das metodologias de ensino aplicadas nas mais diversos campos do saber, dentre eles a Geografia. Com o intuito de realizar um sintético levantamento sobre algumas técnicas de ensino de Geografia desenvolvidas na Escola Estadual Professor Antônio Pinto de Medeiros (EEAPM), Natal/RN; bem como os anseios de seus estudantes com relação à abordagem dos conteúdos dessa disciplina, aos graduandos de Licenciatura em Geografia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) atuantes na citada escola realizaram uma pesquisa no primeiro semestre do corrente ano, a qual deu origem ao presente artigo. A análise dos dados coletados sinaliza para um cenário preocupante e já bastante conhecido na maioria das escolas públicas brasileiras em que ainda predomina o uso de metodologias de ensino pouco motivadoras de aprendizagem. O lúdico, o criativo tem pouco espaço na sala de aula. Na visão dos estudantes persiste, ainda, um ensino calcado nos métodos tradicionais. No mundo contemporâneo o constante assédio dos veículos de comunicação (televisão, internet, rádio), cada vez mais interativos, põe na ordem do dia a superação das metodologias de ensino tradicional. O levantamento desse panorama foi de suma importância, pois permitiu o direcionamento da atuação dos bolsistas do PIBID na escola, visando à busca de abordagens diferenciadas para o ensino de Geografia, de modo que este se torne mais dinâmico e atraente, sempre com vistas a possibilitar o exercício da cidadania.

Texto completo: PDF