Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Construindo saberes em língua materna: uma articulação necessária entre teoria-prática e suas implicações no processo de leitura, interpretação e produção de textos
Cristiano Lessa de Oliveira, Ricardo Jorge de Sousa Cavalcanti, Rawnaderson dos Santos, Ivo Silva Neto

Última alteração: 2012-12-13

Resumo


O estudo dos gêneros, atualmente, ocupa um grande espaço no processo de formação de sujeitos com vistas às suas práticas linguageiras. Tal debate, certamente, se dá pelo fato de concebermos, em corroboração com alguns postulados das teorias de gêneros textuais/discursivos, que é por meio de tal estudo que vemos o gênero como ação retórica cuja materialização discursiva se presta ao entendimento das práticas de atuação social. Com esse intuito, este projeto tratou da teoria dos gêneros de forma prática com os alunos inseridos no Ensino Médio da Rede Estadual de Ensino do município de Satuba/AL. Os aspectos metodológicos abordados neste trabalho se inseriram numa linha de caráter qualitativo, pelo fato, sobretudo, de haver ênfase no processo interacional e não no produto das interações realizadas no ambiente de sala de aula. Integrando o arcabouço teórico dos estudos qualitativos, a pesquisa-ação também foi assumida como metodologia, uma vez que além de compreender, visa a fazer uma intervenção na situação, objetivando modificá-la. Nesse sentido, realizamos um diagnóstico, analisando a situação lectoescritora dos alunos do ensino médio da escola selecionada, através de aplicação do questionário de sondagem. Após as atividades com os gêneros textuais/discursivos, percebemos uma melhora no comportamento linguístico-discursivo dos sujeitos envolvidos, aprimorado pelas práticas de leitura, interpretação e produção de textos. 


Texto completo: PDF