Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
DETERMINAÇÃO DE SALMONELLA SPP. EM CARCAÇAS DE FRANGO DE UM ABATEDOURO DE AVES DE TERESINA-PIAUÍ
Érica da Costa Monção, Lidiana de Siqueira Nunes Ramos, Francisco Wenner de Sousa da Silva, Poliana Brito de Sousa, Edilene Ferreira da Silva, Michele Alves de Lima

Última alteração: 2012-07-26

Resumo


A Salmonella spp. é um dos patógenos mais frequentes envolvidos em contaminações de alimentos à base de frango devido as aves serem os principais reservatórios deste microrganismo. Também é uma bactéria de fundamental importância para a saúde pública pelo fato de representar um dos principais parâmetros, de reconhecimento mundial, para a determinação dos padrões microbiológicos dos alimentos. Diante disso, objetivou-se com esta pesquisa experimental verificar a presença de Salmonella spp. em carcaças de frango de diferentes etapas do abate de um abatedouro de aves sob inspeção federal localizado em Teresina-Piauí. Foram coletadas 20 carcaças de frango (equivalente a 10 repetições das amostras de carcaça, por vez de coleta) no período total das análises intercaladas em intervalos de 15 dias e em dois pontos distintos do abate. A metodologia seguida foi conforme a Portaria n.8, de 23 de Janeiro de 1995 com adaptações realizadas por profissionais do Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (LACEN-PI). Das 20 amostras analisadas nenhuma (0%) apresentou ocorrência de Salmonella spp, tornando o frango e os seus produtos processados no abatedouro em questão, alimentos inofensivos quanto ao microrganismo em estudo para a saúde do consumidor.


Texto completo: PDF