Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Influência do uso de etanol como cossubstrato para remoção de vermelho do congo em reator com biomassa imobilizada de Aspergillus niger AN 400
Camila Saboia Morais Gabriele, Manuela Franco de Miranda, Gloria Marinho, Carlos Ronald Pessoa Wanderley, Kelly Rodrigues

Última alteração: 2012-08-31

Resumo


A indústria têxtil envolve atividades que geram grandes volumes de efluentes potencialmente poluidores para o meio ambiente e que podem causar ainda danos à saúde pública. Neste trabalho foi estudada a remoção do corante vermelho do congo e de matéria orgânica carbonácea de meio basal, utilizando reator em bateladas sequenciais com inóculo de Aspergillus niger AN 400 e empregado etanol (0,5 g/L) como cossubstrato. O reator possuía volume útil de 4 L e foi operado com 30 ciclos de 48 h de duração. Foram analisadas as variáveis: corante, matéria orgânica bruta e dissolvida e pH. As remoções médias, registradas no final de cada ciclo, foram de 93% de corante, 74% e 77% de matéria orgânica bruta e dissolvida, respectivamente. A menor eficiência de remoção de matéria orgânica pode estar relacionada à presença de metabólitos oriundos da utilização do corante pelos microrganismos, o qual foi aparentemente removido do meio.

Texto completo: PDF