Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Avaliação das Condições Sanitárias da Feira do Garimpeiro/Boa Vista/RR
Mário Thaislan Oliveira Soares, Nubia Almeida Marinho, Antonia Raniely da Silva, Daniela Cristina Silva Melo, Jozilene de Souza, Leovergildo Rodrigues Farias

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


As feiras livres são caracterizadas como um fenômeno econômico e social, em que as mesmas apresentam grandes variedades de produtos. Aliado a este fato, sabe-se que a concentração de feirantes gera um impacto positivo na quantidade e nos preços dos produtos, atraindo muitos consumidores. Desta forma, o presente trabalho teve como finalidade conhecer melhor as condições higiênico – sanitária da feira do garimpeiro, em relação aos resíduos provenientes da comercialização e a forma na qual eles são acondicionados no local e qual a percepção dos usuários em relação à poluição causada pelo acúmulo de resíduos. Procurou-se informações sobre os pontos positivos e negativos que a feira exerce junto aos feirantes e lojistas utilizando-se como metodologia um questionário, os dados obtidos revelaram que na visão dos lojistas o maior problema é o lixo, já na visão dos feirantes: a desorganização e a falta de espaço. Esses fatores representam um enorme prejuízo ao saneamento ambiental, gerando poluição.

 


Texto completo: PDF