Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Diversidade e composição do solo de fragmentos da Floresta Nacional do Araripe/Apodi
Charleston de Oliveira Bezerra, Girlaine Souza da Silva Alencar, Jéssica Bezerra de Sousa, Francisco Hugo Hermógenes de Alencar, Cicero Antônio Amorim dos Santos, Caroline Assis da Silva

Última alteração: 2012-10-06

Resumo


A Floresta Nacional (FLONA) do Araripe/Apodi é uma unidade de conservação que tem por objetivo a preservação da biodiversidade, Localizada no semiárido brasileiro na Chapada do Araripe, entre as latitudes 07º11’42” e 07º28’38” Sul e longitudes 39º13’28” e 39º36’33” Oeste.  Abrange uma área de 39.037,71 hectares e abrange os municípios cearenses de Barbalha, Crato, Jardim, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri, compreende diferentes tipos de coberturas vegetais como Cerrado, Cerradão, Carrasco e também uma mancha de Floresta Ombrófila densa e estacional. A presente pesquisa teve como objetivo principal analisar a diversidade florística da flora arbórea-arbustiva de quatro parcelas localizadas na FLONA Araripe/Apodi com base no índice de diversidade de Shannon-Wiener (H’), bem como realizar análises de parâmetros relacionados com fertilidade do solo como pH, matéria orgânica, carbono e fósforo. As parcelas amostradas sofreram diferentes interferências antrópicas: P1 – área incendiada no ano de 2007, P2 – localizada 100m do alojamento dos pesquisadores da FLONA e sofre pouca intervenção antrópica desde sua criação e P3 e P4 - são áreas localizadas próximas à um acampamento de coletores de pequi (Caryocar brasiliense). A fitogeografia das parcelas P1, P2 e P4 é de Floresta Subcaducifólia Tropical Xeromorfa (Cerradão) e P3 de Carrasco. A classe de solo predominante nas quatro parcelas é o Latossolo. A escolha das áreas pesquisadas se deu de forma intencional e demarcou-se parcelas de 200m2 onde foram contadas apenas plantas vivas de altura ≥ 1m, e em seguida foram identificadas e classificadas de acordo com os seguintes parâmetros: arbustos (Ab) espécimes com altura ≤ 2m e árvores (Ar) com altura >2m. Posteriormente as quantificações, foram feitos os cálculos da densidade de árvores e arbustos existentes por metro quadrado de cada parcela e calculado o índice de diversidade e também uma coleta de solo nas profundidades de 20cm e 40cm.


Texto completo: PDF