Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Influência da adição de metacaulim no comportamento reológico de concretos autoadensáveis
Evilane Cássia de Farias, Nathaly Santana Leal de Souza, Othon Fernandes Fagundes, Edilberto Vitorino de Borja, Marcos Alyssandro Soares dos Anjos, Marcio Luiz Varela Nogueira de Morais

Última alteração: 2012-09-06

Resumo


O concreto autoadensável é estudado no Japão desde a década de 80, já aqui no Brasil as pesquisas vêm se intensificando nos últimos anos, mas seu uso ainda é pouco expressivo em obras convencionais tanto pela falta de conhecimento dos construtores, quanto pela ausência de empresas especializadas em sua confecção. Dentro deste contexto, o presente trabalho teve como objetivo principal a avaliação do efeito causado pela incorporação do metacaulim no comportamento deste concreto no estado fluído. O estudo foi realizado a partir da comparação entre um traço padrão, sem adição mineral, utilizando apenas cimento como aglomerante, e outros três com proporções diferentes de substituição do cimento por metacaulim reativo. A classificação do comportamento requerida para concreto autoadensável foi confirmada através dos ensaios de slump flow test, slump flow T500 test, j-ring test, v-funnel test e v-funnel 5min test. Após análise e comparação dos resultados, verificou-se que a substituição do metacaulim, em certas proporções, melhora o comportamento do concreto no estado fluido, tornando o concreto mais coeso, diminuindo assim o efeito de exsudação e segregação, além de atender as prescrições existentes na NBR 15823/ 2010 (Concreto auto-adensável).

Texto completo: PDF