Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Análise de água: uma abordagem CTSA à luz dos documentos oficiais norteadores da prática docente no Brasil
Caroline de Goes Sampaio, Anne Katiúscia Costa Couto, Francisco Halyson Ferreira Gomes, Keyla Costa da Silva, Leonardo Figueiredo Soares

Última alteração: 2012-08-30

Resumo


Admite-se que a dificuldade de aprendizado da ciência Química pelos alunos do ensino médio se deve a seus conteúdos geralmente serem abordados de maneira descontextualizada, fragmentada e anacrônica. Afirma-se ainda que a prática da maioria dos docentes não está de acordo com o que é proposto pelos documentos que a orientam, e em se tratando de ensino de ciências, na maioria das vezes não condizem com o que é proposto pela abordagem CTSA e tem como consequência uma formação enciclopedista e descontextualizada dos estudantes. Como solução para o problema procuramos apresentar através de um minicurso realizado com alunos da Escola Estadual Liceu de Maracanaú, que foi selecionada por se situar a 105m de um recurso hídrico (lagoa de Maracanaú), uma metodologia a ser utilizada nas aulas experimentais, tendo em vista que aborda diversos assuntos trabalhados em sala de aula. O minicurso foi aplicado com alunos do segundo ano do Ensino Médio da citada escola. As atividades foram realizadas com a finalidade de colocar esse aluno em contato com os principais parâmetros utilizados na analise de águas naturais e sua importância. No início e ao término do trabalho foram realizados testes a fim de avaliar o aprendizado dos alunos, e concluiu-se que o resultado foi positivo, tendo em vista que a assimilação dos conteúdos mostrou-se bem superior ao esperado e que os alunos mostraram-se capazes de relacionar as atividades do curso com o seu cotidiano.


Texto completo: PDF