Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Levantamento das Práticas Fitoterápicas no Alto Sertão Sergipano
JOSÉ DANTAS GUSMAO FILHO, SARITA SOCORRO CAMPOS PINHEIRO, JANILO SANTOS SA, JOSÉ CLEONÂNCIO FREITAS, JOSÉ SIVANILDO DE JESUS

Última alteração: 2012-10-01

Resumo


Objetivou-se realizar um levantamento das práticas fitoterápicas aplicadas a rebanho no Alto Sertão Sergipano e divulgar a aplicação dos recursos vegetais existentes na região na sanidade animal. Os dados foram coletados no Alto Sertão Sergipano, através da aplicação de questionários. Observou-se que a maioria dos entrevistados são do sexo masculino e que a maioria dos produtores visitados residem nos povoados de Nossa Senhora da Glória. Dos entrevistados 18% e 16% utilizam respectivamente o mastruz (Chenopodium ambrosioides L.) e o Sambacaitá (Hyptis pectinata) utilizados como cicatrizante, antiparasitário e combate a infecção de forma geral. Dentre as diversas doenças que causam prejuízo a produção animal e a utilização das plantas medicinais como forma de manutenção da sanidade, observou-se que 21% da utilização de plantas medicinais é destinados a retenção de placenta e 19% para infecções de forma geral. Os resultados encontrados demonstram a importância das plantas medicinais para os produtores do Alto Sertão Sergipano.

Texto completo: PDF