Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Levantamento florística de plantas daninhas na cultura da uva variedade ‘superior seedless’ em petrolina - PE
Leonardo Dantas Marques Maia, William Bruno Cerqueira Araújo, Elbson Carvalho Vieira da Silva, Andrezo Adenilton Santos, Erbs Cintra de Souza Gomes

Última alteração: 2012-09-27

Resumo


O conhecimento sobre as plantas daninhas ajuda em seu controle, essas plantas competem diretamente por insumos nas áreas de produção. O objetivo do trabalho foi analisar aspectos qualitativos e quantitativos das plantas espontâneas na cultura da uva em Petrolina–PE. Foram realizadas 12 coletas na área experimental do IF SERTÃO-PE, Campus Petrolina Zona Rural. A coleta de material botânico foi obtida com um quadrado de 1,00m x 1,00m lançado aleatório por 12 vezes. As plantas espontâneas foram coletadas, armazenados em sacos de papel, etiquetados e transportadas ao laboratório de Produção Vegetal para identificação e contagem dos indivíduos por espécie. Os dados relativos a cada população foram usados para determinação da quantidade por parcela e de valor de importância. A área que apresentou maior variedade de plantas coletadas foi a sétima parcela e a família mais representativa em número de espécie foi a Asteraceae em frequência por parcela a Commelinaceae teve um maior índice. As espécies de maior índice de valor de importância na área entre as monocotiledôneas foram Commelina benghalensis L., Digitaria insularis e Cyperus difformis L., entre as dicotiledôneas foi Bidens pilosa e Alternanthera tenella Colla.


Texto completo: PDF