Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Uma análise do setor de laticínios com base no estudo das patentes depositadas no Brasil
Natan Souza Marques, Elaine Machado Melo, Rayldson Souza Lobo, Géssica Feitoza Sales, Vinício Gonçalves Santana, Erick Samuel Rojas Cajavilca

Última alteração: 2012-10-20

Resumo


Com o presente artigo busca-se analisar o setor de laticínios com base no estudo das patentes depositadas no Brasil. Para tanto, utilizou-se dos depósitos no INPI - Instituto Nacional de Propriedade Industrial. A hipótese levantada no estudo é que a evolução no depósito de patentes acompanhe as modificações estruturais e econômicas vivenciadas no país. Como metodologia, utilizou-se de prospecção tecnológica em bases de patentes, onde foram pesquisadas e analisadas duzentos e trinta e quatro patentes, das quais foram selecionadas cento e trinta e cinco referentes a laticínios, mediante critérios de seleção, que foram: possuir codificação geral da cadeia de laticínios e ser depositada no Brasil. Sendo assim, foi notável que as políticas de incentivo do consumo e legislação do setor, impulsionaram tanto a ampliação do consumo de lácteos a classes sociais que não podiam consumi-los em décadas passadas, quanto ao aumento do depósito de patentes no INPI. Dessa forma, é notável a inter-relação dos depósitos com a conjuntura econômico nacional, fornecendo informações necessárias à percepção da evolução do setor de lácteos no Brasil.

Texto completo: PDF