Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Modalidades de integração na perspectiva de recuperação de pastagens degradadas na Amazônia Oriental
Francisco Carlos Almeida Souza, JOSE ARLEDO MARQUES DE SOUZA, ernesto da silva pires, alexsandro da silva SOARES sr, paulo cesar ramos oliveira, ricardo augusto martins cordeiro

Última alteração: 2012-10-20

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a recuperação de pastagens degradas na Amazônia Oriental através da utilização de modalidades de integração a saber: integração lavoura-pecuária – ILP e integração lavoura-pecuária-floresta – ILPF, pois nesta região é comum a utilização do manejo inadequado e devido a baixa disponibilidade natural de nutrientes dos solos Amazônicos a produtividade dessas áreas de pastagem declina rapidamente e, em decorrência da baixa capacidade de suporte animal essas áreas são abandonadas. O estudo foi realizado no município de Castanhal – PA, na fazenda do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Campus Castanhal numa área de 30 ha, em condições e sequeiro, sendo utilizado para avaliação 3 ha. Foram caracterizadas as pastagens degradadas e recuperadas nos anos agrícolas 2011/2012 e 2012/13, utilizando as modalidades de integração, lavoura-pecuária e lavoura-pecuária-floresta, respectivamente com os híbridos 30P70 e 30S31 de acordo com a modalidade. Com a implantação da modalidade de integração lavoura-pecuária objetivou-se com esta proposta de inovação a criação de um novo paradigma no âmbito da agropecuária no Nordeste Paraense, saindo à frente na busca por alternativas que sustentem a agropecuária com atividade lucrativa e sustentável. A produtividade de grãos de milho no município de Castanhal – PA, tem alcançado em média 13 sacas ha-1, porém com a modalidade de integração lavoura-pecuária, foi obtido a produtividade média de grãos de milho (Zea mays) com o híbrido 30P70 de 82 sacas ha-1, em consórcio com Brachiária brizantha cv. Marandú. No entanto, a modalidade ILPF alcançou com utilização do híbrido 30S31 produtividade de grãos de 116 sacas ha-1, nas mesmas condições de adubação e consorciação, incluindo essências florestais. A região da Amazônia Oriental apresenta potencial de inovação do âmbito tanto da pesquisa como da aplicação de técnicas de integração nas modalidades de sistemas apresentadas neste trabalho. O milho 30S31 na modalidade ILPF apresentou maior produtividade de grãos que o híbrido 30P70 na modalidade ILP.

Texto completo: PDF