Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Produção de Biodiesel a Partir de Óleo Residual de Fritura: Alternativa para Aulas Práticas de Química Experimental do Instituto Federal da Paraíba
Romário de Lima Oliveira, Diego Robson das Chagas, Lucilene Gomes de Oliveira, Maria da Conceição Maciany de Lima, Francisco Eduardo Arruda Rodrigues, Manoel Barbosa Dantas

Última alteração: 2012-08-21

Resumo


Resumo: A problemática que determinou o estudo do reaproveitamento do óleo de fritura através da reação de transesterificação, visa diminuir as agressões promovidas pelo seu descarte no meio ambiente. Inserido nesse contexto, este trabalho teve como objetivo o reaproveitamento do óleo residual de fritura para obtenção do biodiesel em aula prática de Química Experimental. As aulas experimentais foram realizadas no Laboratório de Química, localizado nas instalações do IFPB/Campus Sousa, situado no município de Sousa-PB. Foram participantes da pesquisa os alunos da turma D de primeiro ano médio de Meio Ambiente (1º D) do IFPB/Campus Sousa. O óleo residual de fritura advindo do refeitório do IFPB/Campus Sousa foi transformado em biodiesel através da reação de transesterificação, via catálise homogênea alcalina e rota etílica, na razão molar de 6:1 álcool etílico/óleo, utilizando 1,0% em massa de KOH. Os resultados confirmaram a obtenção do biodiesel etílico de fritura (BEF100) por meio da viscosidade relativa do biodiesel e óleo de fritura em relação à água a 25 °C. Os resultados mostraram valores de viscosidade de 1,60 para o BEF100 e 5,12 para o óleo residual de fritura. O ensaio envolvendo a solubilidade mostrou que o biodiesel é solúvel em óleo residual de fritura e insolúvel em etanol. No teste de queima, o diesel liberou uma fumaça de cor escura, enquanto o biodiesel liberou uma fumaça de cor branca. A obtenção do BEF100 através de óleos utilizados nas frituras aproximou do cotidiano do aluno, conteúdos como misturas, densidade, métodos de separação, solubilidade, viscosidade, forças intermoleculares e reações químicas, permitindo que os mesmos assimilassem informações, construíssem conhecimentos e fossem levados a reflexões. Esta prática despertou nos alunos uma grande motivação, aumentando seus interesses, conscientizando-os da importância do tratamento de resíduos gerados no meio ambiente, suprindo suas limitações e melhorando o nível de aprendizagem.


Texto completo: PDF